Publicado em 20 de Fevereiro de 2015

Desvendando Os Mistérios Sobre A Sopa De Letrinhas Do Empreendedorismo – O Que É Mesmo o D.R.E.?

Todo investidor sabe que precisa ter bons resultados ligado ao campo financeiro, até porque uma empresa não subsiste sem que seu capital esteja se mantendo equilibrado.
 
 
É aí que entra a metodologia do D.R.E (Demonstração do Resultado do Exercício), a mesma tem como objetivo principal de maneira resumida,  mostrar os resultados de apuração referentes a Lucratividade Do Negócio em um período mais extenso, como resultante de 12 meses de trabalho.
 
 
Como Se Dá A Discriminação Do D.R.E?
 
 
Nessa discriminação entrará todas as receitas e despesas que envolvem o Desenvolvimento Do Empreendimento, bem como:
 
  • Receita bruta de todos os serviços, produtos, abatimentos, impostos e deduções de vendas.
 
  • Receita líquida de todos os serviços de vendas, lucro bruto, custos de cada serviço, produtos ou matérias.
 
  • Despesas com as vendas, despesas gerais, despesas financeiras, despesas operacionais e administrativas.
 
  • Lucro ou prejuízo operacional.
 
  • Participações de funcionários, debêntures, beneficiadores e administradores.
 
  • Prejuízo ou lucro líquido do exercício e também o montante do capital social.
 
  • Rendimentos e ganhos de cada período.
 
  • Os custos, despesas e encargos tudo correspondido a essa receita.
 
 
Portanto, nota-se que para ter Lucratividade é preciso desses comparativos para dimensionar o retorno de seu Capital, de acordo com seu Investimento Ao Negócio.
 
 
É importante compreender a importância de ter um caixa saudável, um Capital Equilibrado, de modo que a política comercial seja adequada a sua realidade, sendo o D.R.E um complemente do Balanço Geral.
 
 
Como Se Procede A Política Do D.R.E?
 
 
Isso é algo bem interessante para se falar, já que nesse caso é preciso:
 
  • Primeiro receber para depois gastar!
 
A verdade é que não estamos acostumados a isso, o ser humanos tende a gastar antes mesmo de ter o capital necessário. Contraindo assim dívidas por cima de dívidas, prejudicando o Negócio.
 
 
Para o Empreendedor que acha que o D.R.E não é importante, engana-se, já que ele é um relatório de ordem obrigatória, movida por Lei n° 6.404 de 15 de dezembro de 1976, do artigo 187, tratando-se de um dado importantíssimo e obrigatório. 
 
 
Como É Feita A Apuração Do D.R.E?
 
 
O objetivo dessa apuração é justamente reunir os dados que são extremamente necessários para o Resultado Do Desempenho Da Empresa. Esses dados demonstrarão o acréscimo ou declínio do Patrimônio Líquido.
 
 
Passos fundamentais para o processo:
 
  • Os resultados precisam ser organizados de modo organizado, de fácil entendimento e de forma ordenada.
 
  • Necessitam se detalhados e descritivos para cada resultado.
 
 
Como Fazer A Apuração?
 
 
Siga os seguintes passos:
 
 
  • Encerramento das contas de resultados: Nesse passo deverão ser feitas um lançamento de todas as contas envolvidas, o saldo deve ser igual a zero, a contrapartida seria enviada em uma única conta, chamada assim como Resultado do Exercício, assim tanto despesas, quanto receitas serão incluídas.  As receitas creditadas e as despesas debitadas na conta do Resultado do Exercício. A diferença entre créditos e débitos resultará: 
 
  • Lucro em caso de ser credor;
 
  • Prejuízo em caso de devedor;
 
  • Se o resultado final da receita for igual ao da despesa, então a organização tem resultado nulo, indicando que ela não obteve nem prejuízo, nem lucro. 
 
 
Ilustração:
 
 
  ->   ->  
 
 
Resumo Da Apuração Do D.R.E
 
 
O objetivo aqui será encerrar as contas de apuração dos dados, entre receitas e despesas, obtendo assim o prejuízo ou lucro, reunidos por período.
 
 
Saldo Final - 
 
 ->  
 
 
 
 
Encerramento De Todas As Contas De Despesas E Receitas Em contrapartida De Uma Conta Transitória-
 
  ->  -> 
 
 
 
Cálculo Do Imposto De Renda-
 
 ->  
 
 
 
 
Cálculo Das Participações Estatutárias-
 
 ->   
 
 
 
 
Transferência Do LLE Para O Resultado Do Exercício - 
 
  ->   
 
 
Em caso de prejuízo o lançamento se daria como:
 
  • D= Resultados acumulados e C= Resultados dos exercícios. 
 
 
 
 
 
As Despesas Operacionais E Não Operacionais- 
 
 
Referem-se a todos os gastos que envolvem o objeto social de uma organização, como exemplo: Baixas dos ativos permanentes e perdas com sinistros. 
 
 
 
 
 
Receitas Operacionais E Não Operacionais-
 
 
São todas as receitas operacionais ou não que envolvem o Negócio, diretamente ligadas a ele ou não. Podem ser: Títulos de receitas, receitas de dividendos, seguros, etc.
 
 
 
 
 
Modo Simplificado Do D.R.E- 
 
  • Receita Operacional Bruta- Dedução de vendas.
 
  • Receita Operacional Líquida- Custo dos produtos vendidos.
 
  • Lucro Bruto- Despesas com vendas, gerais e administrativas, receitas e despesas financeiras, amortização das despesas diferidas.
 
  • Lucro Operacional- Despesas e receitas não operacionais, Resultado da correção monetária.
 
  • Lucro Antes Do Imposto De Vendas- Provisão para o imposto de renda.
 
  • Lucro Antes Da Participação- Participações estatutárias.
 
  • Lucro Líquido Do Exercício. 
 
 
Agora que está mais simplificado a estratégia é reunir todos os dados, contactar seu contador e acompanhar os resultados!
 
 
Se gostou - COMPARTILHA, pois assim como esse artigo lhe serviu, pode também ajudar outro empreendedor!
 
 
 
 
Até breve!
 
 
Miguel Silva
 
POSTADO POR:Miguel Silva
TAGS: Negócios , Resultado , Empreendedorismo , Investimento , Lucro , Negócio Lucrativo , Análise De Mercado , Aperfeiçoamento Empresarial , Avaliação De Desempenho , Bem-Estar , Benchmarking , Bons Negócios , Carreira Empresarial , Ciclo Operacional , Cliente , Coaching , Conquistar , Coworking , Dinheiro , Empreendedor , Empreendedores De Sucesso , Empreender , Empreendimento , Empresa , Estratégias Empreendedoras , Estratégias Vencedoras , Franquias , Gestão Da Proximidade , Gestão De Marketing , Gestão De Pessoas , Inventário , Lucratividade , Marketing , Marketing De Conteúdo , Marketing Digital , Mentalidade Vencedora , Mercado , Mercado Empreendedor , Modelagem De Negócios , Mundo Dos Negócios , Mundo Empreendedor , Negócio De Sucesso , Negócio Próprio , Negócio Prosperar , Negócio Virtual , Networking , Nicho , Oportunidades De Negócios , Pesquisa , Planejamento , Plano De Negócios , Redes Sociais , Saúde , Segmentação De Mercado , Sucesso , Sucesso Do Empreendimento , Sucesso Empresarial , Trabalho , Venda

Comentários

(0)
Nome
Email
Comentário
Linkedin