Publicado em 13 de Março de 2015

Quanto De Fato Eu Vou Investir Para Abrir o Meu Negócio?

Quanto De Fato Eu Vou Investir Para Abrir o Meu Negócio?

 

Aprenda Que Nem Tudo É Como Parece. Veja Como Seu Investimento Para O Negócio Será Maior Do Que Você Imagina! Continue Lendo O Artigo E Descubra!

 

 

É muito comum eu ouvir de meus amigos, clientes e alunos o seguinte:

 

“Eu fiz as contas e cálculos e investirei em torno de R$ 150.000,00 para abrir o meu Negócio”. Claro, o valor acima é meramente exemplificativo. Este valor poderá ser bem maior ou bem menor, dependendo do ramo e do perfil do Negócio onde se investirá.

 

Mas o título deste posts é uma provocação que vai de encontro ao raciocínio rápido e a análise superficial do valor do investimento inicial projetado para uma Franquia ou para Bons Negócios. Vamos desvendar então os segredos destes cálculos?

 

Sempre que ouvem as minhas argumentações os meus ouvintes ficam com aquele olhar de: “Verdade, eu não havia pensado por este lado”. Vamos ver o que acontece com você ao me compreender melhor a respeito de empreendedorismo. Depois me deixe saber sua opinião!

 

Empreendedorismo Como Carreira!

 

Vamos criar um personagem para dar vida ao nosso Blog:

 

Digamos que o Sr. Brasil Filho tenha percebido uma oportunidade de empreender. O Sr. Brasil trabalha na Empresa “XYZ” há muitos anos, mas nos últimos tempos ele tem percebido que a vida de empregado teria mais para oferecer a ele além de alguns benefícios e vantagens que o mesmo não mais percebe no seu emprego atual. O Empreendedorismo está começando a fazer sentido para o momento de vida e carreira de nosso amigo Brasil.

 

Depois de conversar com alguns amigos, participar de alguns eventos em entidades que promovem o empreendedorismo, e ler os artigos deste Blog o Sr. Brasil Filho decide que será “Empreender ou Morte”, ou seja, ou ele toma uma decisão acerta no quesito empreender ou tudo irá por água abaixo. Ocorre que o cunho dele tem uma ideia de colocar no mercado, uma loja que venderá produtos e serviços de uma forma totalmente diferenciada. Trata-se de uma inovação de fato, como lema - o seguimento dos Bons Negócios.

 

Os dois personagens envolvidos sobre o Empreendimento chegam ao seguinte acordo:

 

Os dois serão sócios. O Sr. Brasil largará o emprego atual e o cunhado aguardará até que o Negócio esteja faturando o suficiente para gerar pró-labore (o salário do dono) para ambos, para que ele largue o seu emprego. Eles estimam que isto ocorra a partir do final do primeiro ano, pois precisam aprender muito sobre o ramo, testar o modelo de Negócios, fazer os ajustes necessários, enquanto conquistam clientes e o mercado também.

 

Outro acordo é que o Sr. Brasil virá de cara para o Negócio e fará pequenas retiradas a partir do momento em que o faturamento do empreendimento atinja o Ponto de Equilíbrio. O que está projetado para ocorrer após o final do sexto mês, após a abertura da empresa.

 

 

Aqui começamos a desvendar os mistérios sobre os meus cálculos.

 

O cenário então é o seguinte:

 

1 - A empresa abrirá no mês seguinte e o investimento inicial será de R$ 300.000,00, que serão divididos em parcelas iguais (50%) para cada um dos sócios.

 

2 - O Sr. Brasil Filho ganha hoje R$ 7.500,00 por mês e mais os benefícios de um contrato CLT.

 

3 - O cunhado continuará ganhado o seu salário atual pelos próximos 12 meses.

 

4 - O Sr. Brasil não receberá nada até o final do sexto mês e receberá apenas um pequeno pró-labore do sexto mês em diante - até o final dos 12 meses iniciais.

 

Você Já Sacou Aonde Eu Quero Chegar A Respeito Do Negócio?

 

Quanto mesmo o Sr. Brasil aportará (investirá) nos próximos 12 meses no seu negócio?

 

Talvez nas contas dele a resposta fosse: “eu investirei R$ 150.000,00 para montarmos o negócio, uma vez que este valor representa 50% dos R$ 3000.000,00 necessários para a abertura do Empreendimento.”

 

MASSSS ... De acordo com os meus cálculos ele investirá bem mais:

 

1 - Investimento Inicial no Empreendimento será de R$ 150.000,00.

 

2 - Salário que ele abriu mão: R$ 7.500,00 x 12 = R$ 90.000,00 (cálculo rápido sem justos compostos e sem demais benefícios e descontos).

 

3 - Gastos Pessoais e Familiares R$ 4.500,00 x 12 = R$ 54.000,00 (isto porque ele terá que pagar as suas contas pessoais fazendo retiradas de suas reservas pessoais).

 

4 - A parcela do investimento que o Sr. Brasil fará nos próximos 12 meses será superior a R$ 294.000,00.

 

Cálculo Total

 

O investimento inicial será praticamente o dobro do valor projetado. Você percebeu que o cálculo precisa levar em conta o que você investirá e mais os valores que você abrirá mão para “arriscar-se” no Empreendimento.

 

Esta é uma armadilha matemática simples que já engrossou as fileiras de empresas que ficaram sem Capital De Giro (dinheiro no caixa para o dia a dia da empresa) e acabaram - ou tendo de passar o negócio à frente ou até mesmo tendo que fechar as portas.

 

Boas Perguntinhas Adicionais Seriam:

 

  • E quanto mesmo o cunhado investirá no negócio?

 

  • Quem correrá mais risco nesta sociedade?

 

  • Esta será uma sociedade justa para ambos?

 

  • De que forma o investimento inicial deveria ser ponderado para que haja um equilíbrio maior?

 

Estas perguntas serão respondidas ao longo dos próximos artigos e posts, combinado?

 

Gostou deste artigo?

Compartilhe com seus amigos e curta minha página do Facebook.

 

 

Abraço & Sucesso,

 

Miguel Silva.

 

POSTADO POR:Miguel Silva
TAGS: Bons Negócios , Empreendedorismo , Investimento , Negócios , Franquias

Comentários

(0)
Nome
Email
Comentário
Linkedin